Qual o papel do RH na Transformação Ágil de uma organização?

Qual o papel do RH na Transformação Ágil de uma organização?

Para abrir a terceira edição do Agile Leaders Meeting, Dairton Bassi da Agile Trends dividiu com o público como o RH é influenciador no processo de Transformação Ágil de uma empresa.   

O começo da agilidade nas empresas

Com a popularização do manifesto ágil, em meados dos anos 2000, uma discussão sobre como aplicar as metodologias no ambiente corporativo começou a ser levantada.

Durante essa mesma década, também foi questionado como a agilidade seria eficaz no cotidiano das empresas, por isso levou-se um tempo para que as lideranças tivessem preparadas para dar o primeiro passo.            

A segunda fase da agilidade no Brasil

Essa etapa, ocorrida por volta de 2012, as equipes deixaram de trabalhar de forma singular e todas buscavam o mesmo objetivo em prol do mesmo projeto ou produto.

Cerca de 5 anos depois, as empresas não só compreenderam os benefícios da agilidade como começaram a aplicá-la nos negócios. Nesse momento a empresa toda trabalhava com o mesmo propósito, mas dessa vez de forma ágil.

Esse processo é ainda mais complexo e desafiador, já que nesse cenário a transformação ágil acontece em diferentes times, com metas distintas, mas em busca de excelentes resultados.  

E como o RH atua no processo de Transformação Ágil?

Para que as equipes desenvolvam maturidade suficiente para não se dispersar, o RH torna-se um elemento essencial, já que que possui capacidade suficiente para impactar a cultura corporativa no geral.

A principal tendência dessa etapa, e que as grandes corporações tem buscado, é a flexibilização da estrutura organizacional. Dessa forma, equipes multidisciplinares e com diferentes perfis se formam, mas a busca em atingir os mesmos resultados continua.

Benefícios dessa transformação

Os principais ganhos dessa estrutura é que menores camadas de gestão são formadas e o impacto no modelo de negócio da empresa é extremamente positivo. Ou seja, através desse modelo as equipes se tornam mais autônomas e contribuem diretamente no objetivo final da companhia.