Liga Ágil | Transformação Ágil

Empresa Digital: Sucesso em Quatro Pilares

Por: 6 de outubro de 2023 9Min de leitura

Empresa Digital não é uma palavra da moda. É uma realidade que afeta todos os negócios, independentemente de seu tamanho, setor ou localização. Entretanto, compreenda que esse conceito vai além da transformação digital. 

É um processo baseado nas tecnologias e recursos digitais para gerar mais valor para clientes, pessoas e partes interessadas, em resposta à adaptação às mudanças de expectativas, comportamentos e necessidades do cliente digital.

Mas como ser uma empresa digital de sucesso? Como criar um negócio inovador, competitivo e sustentável? Compreenda os quatro pilares para aplicá-los.

Pilar #1: Propósito

O primeiro pilar de uma empresa digital de sucesso é o propósito. É a razão pela qual seu negócio existe, além de ganhar dinheiro, pois impulsiona a visão, missão e objetivos. Provoca a inspiração de seus clientes, times e partes interessadas a se envolverem com sua empresa.

Ao ter propósito claro e convincente alinhado com as necessidades e valores de seus consumidores, vai criar mais do que apenas produtos ou serviços e conseguir estabelecer experiências e relacionamentos que façam a diferença positiva na vida dos consumidores.

Mas como fazer para definir seu propósito? Reflita e responda a estas perguntas:

  • Quem são seus clientes e quais são os problemas, necessidades e desejos?
  • Como ajudá-los a resolver seus problemas, atender às suas necessidades e satisfazer seus desejos?
  • Quanto de valor cria na percepção do cliente e das partes interessadas e como medi-lo?
  • Que impacto tem sobre a sociedade e o ambiente?

Ao respondê-las, chega à declaração de propósito que resume a proposta de valor e de impacto. Por exemplo:

  • Airbnb: “Criar um mundo onde qualquer pessoa possa pertencer a qualquer lugar.”
  • Spotify: “Para desbloquear o potencial da criatividade humana, dando a um milhão de artistas criativos a oportunidade de viver de sua arte e bilhões de fãs a oportunidade de desfrutar e se inspirar nela.”

Pilar #2: DNA da inovação

O segundo pilar da empresa digital de sucesso é o DNA da inovação. Entenda que está relacionado principalmente com a mentalidade e a cultura que permitem que sua empresa gere novas ideias, soluções e propostas de valor que atendam às necessidades em evolução de seus clientes. 

Outro aspecto relevante também é a capacidade e o processo que permitem que sua empresa teste, valide e dimensione suas inovações de forma eficaz. Pois, precisa ter sinergia e envolvimento de todos os níveis e funções da organização. 

A inovação não é exclusividade de um grupo ou departamento, mas sim responsabilidade de todos. 

Para desenvolver seu DNA de inovação, siga estes passos:

  • Defina sua estratégia de inovação: alinhe seus objetivos com seu propósito e visão. Identifique as áreas ou domínios que deseja inovar, como produtos, serviços, processos, modelos de negócios ou segmentos de clientes. Assim, determine o tipo ou o nível de inovação que se busca, como incremental, adjacente ou disruptiva.
  • Construa sua cultura de inovação: incentive e apoie a criatividade, a experimentação e a colaboração. Crie um espaço seguro para as pessoas compartilharem suas ideias, feedbacks e aprendizados. Não esqueça de recompensar quem assumir os riscos, o fracasso e a aprendizagem. Promover a diversidade, a inclusão e o empoderamento.
  • Implemente seu processo de inovação: estabeleça forma para gerenciar seu pipeline de inovação, desde a ideação até a validação e o dimensionamento. Use ferramentas e métodos como design thinking, lean startup ou sprint design para gerar e testar suas hipóteses e suposições. Inclua métricas e indicadores como satisfação do cliente, criação de valor ou retorno sobre o investimento para medir e avaliar seus resultados e impactos.

Pilar #3: Entrega contínua

O terceiro pilar da empresa digital é a entrega contínua, o que, na prática é entregar valor aos seus clientes com frequência, confiabilidade e eficiência no tempo certo. Mas para isso vai precisar de ações capazes de se adaptar ao feedback dos consumidores, às mudanças do mercado e aos avanços tecnológicos.

Uma abordagem centrada no cliente se concentra em entender as necessidades e expectativas do cliente, e em desenvolver soluções que atendam a essas necessidades. Isso significa que a empresa se concentra em resolver os problemas que os clientes enfrentam, em vez de simplesmente enviar ou vender produtos, ou recursos. Vai conseguir se adotar estes princípios fornecendo valor:

  • Com antecedência e com frequência: entregue pequenos lotes de valor em vez de grandes lançamentos. Forneça produtos mínimos viáveis (MVPs) e incremente de maneira evolucionária em ciclos de ações de melhorias. Forneça software funcional e documentação que realmente seja relevante.
  • De forma rápida e confiável: automatize seu pipeline de entrega o máximo possível, como, por exemplo, ferramentas de integração contínua (CI), teste contínuo (CT), implantação contínua (CD) ou monitoramento contínuo (CM) para garantir qualidade, segurança e desempenho. Use loops de feedback para alinhamento, colaboração e aprendizado.
  • Eficiente e eficaz: otimize seu processo de entrega, eliminando desperdícios, reduzindo a complexidade e aumentando a transparência com mapeamento de fluxo de valor (VSM), lean canvas (LC) ou Kanban para identificar e remover gargalos, dependências e restrições. Use métricas como tempo de cada fase, lead time ou throughput para medir e melhorar sua eficiência e eficácia.

Pilar #4: Aprendizagem

O quarto e último pilar é o aprendizado. A capacidade e a vontade de adquirir novos conhecimentos, habilidades e insights para impulsionar e melhorar seu desempenho, inovação e crescimento. Como consequência, o aprender também está relacionado com a vontade de desaprender velhos hábitos, suposições e crenças que atrapalham progresso, adaptação e transformação.

Uma empresa digital com capacidade de aprendizado aprende com seus clientes, concorrentes, parceiros e ambiente e usa essas informações de maneira estratégica para melhorar a experiência e jornada de compra, criar novas oportunidades de crescimento e desenvolver ações para se destacar da concorrência. Em outras palavras, não apenas coletar as informações, mas agir sobre elas.

Para promover uma cultura de aprendizagem, estimule estas práticas:

  • Faça perguntas: desafie suposições e estimule curiosidade: “E se?”, “Por que não?” ou “Como podemos?” Entenda melhor os problemas, necessidades e desejos que envolvam seus produtos ou serviços.
  • Busque feedback dos clientes, funcionários, parceiros e especialistas de maneira específica, oportuna e construtiva para validar as hipóteses e suposições, ou invalidá-las.
  • Experimente novas ideias, soluções, propostas de valor, diferentes métodos, ferramentas, canais, segmentos de clientes, mercados, hipóteses e pressupostos.
  • Aprenda com seus experimentos, feedback e resultados através dos sucessos e fracassos. Procure aplicar as melhores práticas e benchmarks alinhando com as tendências e mudanças.

Empresa digital rumo aos objetivos

Por tudo que foi exposto ficou claro que não é uma escolha, mas uma necessidade no mundo dinâmico e complexo de hoje criar empresa digital que seja inovadora, competitiva e sustentável. Para ter sucesso em sua jornada de transformação digital, utilize como base os quatro pilares: propósito, DNA de inovação, entrega contínua e aprendizado.

Aplicá-los em sua empresa vai criar uma verdadeira jornada na qual não está sozinho. A Liga Ágil tem habilitado várias empresas a fazer a transição para o mundo digital através de estratégias únicas de acordo com cada cenário específico. 

O time da Liga Ágil especialistas em transformação de negócio juntamente contigo vão discutir seus desafios, oportunidades e objetivos para desenvolver um plano de ação personalizado e implementá-lo atendendo suas necessidades específicas.

Entre em contato conosco.