Metodologias ágeis de desenvolvimento otimizam processos da Ipiranga

Metodologias ágeis de desenvolvimento otimizam processos da Ipiranga

Metodologias Ágeis de Desenvolvimento_Liga Ágil

A última edição do Agile Leaders Meeting contou com um case de sucesso em como as metodologias ágeis de desenvolvimento contribuem para a otimização dos processos dentro de uma empresa de grande porte.

Metodologias Ágeis de Desenvolvimento_Liga Ágil

Após os treinamentos da Liga Ágil, a Ipiranga decidiu rever seus modelos de trabalho e processos. No decorrer do Agile Leaders Meeting, Álvaro H. Beckerig e Cyntia Albernaz, responsáveis pela área de projetos, apresentaram os pilares da empresa que foram fundamentais para guiar as etapas que viriam a seguir.

Em outras palavras, compreender a cultura, os valores, os princípios e as práticas da empresa, foram essenciais para encontrar possíveis melhorias.

Implantação das metodologias ágeis


Para iniciar a implantação das metologias ágeis de desenvolvimento, foram levados em conta os pilares da companhia, sendo eles:

  • Aprender
  • Fazer
  • Multiplicar

A equipe Ipiranga colocou o pilar “aprender” em prática. Workshops foram realizados para capacitar os colaboradores, palestras foram promovidas e até um projeto foi criado, o Garagem Agile Talks, um encontro realizado quinzenalmente.

Um framework de gestão de produtos e processos ágeis também foi criado, o que contribuiu diretamente no desenvolvimento e qualificação da equipe. Além disso, eles puderam conhecer o processo de implantação de metodologias ágeis de desenvolvimento de ponta a ponta.  

Para multiplicar todo conhecimento adquirido, o primeiro passo foi qualificar e formar facilitadores para colocar em prática as metodologias ágeis.

Ações como disponibilizar todas as informações necessárias em um site interno, por exemplo, facilitou eventuais e possíveis consultas.

Learning Organization

Acima de tudo, aplicar as cinco disciplinas de uma Learning Organization foram essenciais para desencadear o aprendizado coletivo. São eles:

  • o domínio pessoal
  • modelos mentais
  • a visão compartilhada
  • aprendizado em equipe
  • pensamento sistêmico

Por fim, assim como as demais palestras durante o evento, foi possível compreender que, através das metodologias ágeis, é possível otimizar os processos dentro de uma companhia.

Dessa forma, o resultado é cultivado e alcançado em equipe. A gerência deixa de ser sobre pessoas, mas a gestão de sistemas e ambientes.

Quer vivenciar essa experiência? As inscrições para a próxima edição do Agile Leaders Meeting estão abertas. Inscreva-se!