Blog_Mindset_imagem_Wordpress-1280x720

Mindset, para quê?

 Gabriel Genari  – Tempo estimado de leitura: 6 minuto

Antes de tudo, o que é Mindset? De onde veio?

Na tradução literária da palavra, Mindset significa mentalidade, mas podemos adotar também como “modelo mental”. Para facilitar, vamos usar a palavra mentalidade.

Segundo o dicionário mentalidade significa:

“…conjunto de manifestações de ordem mental (crenças, maneira de pensar, disposições psíquicas e morais), que caracterizam uma coletividade, uma classe de pessoas ou um indivíduo; mente, personalidade.”

Sabendo o significado podemos desenvolver melhor sobre o assunto.

Atualmente e em diversas áreas, temos uma concorrência extraordinária. Pessoas buscando formas de se aperfeiçoarem e atingirem um resultado melhor e com o menor esforço possível. A partir desse ponto temos duas vertentes a seguir, para a qualificação propriamente dita e a mudança na forma de pensar, ou seja, na nossa mentalidade.

Segundo a Dra. Carol Dweck, psicóloga renomada, um fator fundamental para o indivíduo melhorar seu desempenho é ter uma mentalidade de crescimento.

Mas aí vem a pergunta, o que é essa tal mentalidade de crescimento?

Dando continuidade à ideia acima, a Dra. Dweck defende a tese na qual existam dois tipos de mentalidade: a mentalidade fixa e a mentalidade de crescimento.

Pessoas que possuem a mentalidade fixa acreditam que:

  • A inteligência e habilidade são coisas natas e que vem do berço;
  • Tem dificuldade em compreender e ver suas próprias limitações;
  • Evitam enfrentar desafios por medo de revelar suas fraquezas;
  • Não acreditam que seus esforços possam fazê-lo evoluir nem promover mudanças;
  • Encaram os problemas sem esperança de resolvê-los.

Pessoas que possuem a mentalidade de crescimento acreditam que:

  • Inteligência e habilidades são completamente passíveis de desenvolver;
  • Compreendem suas limitações e buscam aprendizado para superá-las;
  • Abraçam os desafios e encaram as falhas como oportunidade de aprendizado;
  • Veem o esforço como o caminho para excelência;
  • Enfrentam os problemas com entusiasmo.

Trazendo isso para o mundo da agilidade, isso também é aplicado, além desses dois tipos de mentalidade (ou Mindset), temos o Agile Mindset e o Lean Mindset. 

O que é Agile Mindset?

O Agile Mindset não nasceu com esse nome, ele vem sido construído desde os anos 2000, onde os líderes da comunidade XP se reuniram para debater questões sobre o processo de desenvolvimento rápido de software até que em 2001, um seleto grupo de pessoas deu origem ao chamado hoje de, Manifesto Ágil

O manifesto ágil é a base do Agile Mindset, é nele que foi consolidado uma forma de pensar em como desenvolver software mais rápido e como ajudar outros a também fazerem o mesmo.


No manifesto ágil temos quatro valores e doze princípios e são eles que regem o Agile Mindset.

O valores do Agile Mindset:

  • Indivíduos e interações mais do que processos e ferramentas;
  • Software em funcionamento mais do que documentação abrangente;
  • Colaboração com o cliente mais do que negociação de contratos;
  • Responder a mudanças mais do que seguir um plano;


E quais são os princípios? Para facilitar, na figura estão os resumos dos 12 princípios.

Imagem 1- Doze princípios do Agile Mindset
 

Lembrando que não é apenas o conhecimento dos valores e princípios que te tornaram uma pessoa ágil, mas sem eles com certeza não é possível atingir o Agile Mindset

Imagem 2- Esquematização visual de mentalidade

Um bom exercício para manter o Agile Mindset vivo ou até mesmo fazer um reset em seu Mindset, você pode utilizar a dinâmica do Agile Clock.

Dando continuidade sobre Mindset + Agilidade, temos mais um Mindset interessante e importante. Imagino que você deva estar se perguntando, se existe mais um tipo de Mindset e a resposta é, sim!

Por último e não menos importante, para completar a tríade…

Lean Mindset

Criado a partir do Sistema Toyota, o Lean Mindset propõe uma melhor sequência das atividades a partir da identificação e compreensão de todo o funcionamento do processo de entrega.

As atividades devem, no máximo,  serem realizadas apenas uma vez.
Sem interrupções, minimizando o desperdício e tudo isso com o máximo de eficiência para que possa gerar um valor maior para o cliente.

Assim como no Agile Mindset, aqui também existem princípios:

  1. Identificar o que é valor para o cliente;
  2. Mapeamento do fluxo de valor e identificar desperdício;
  3. Implementação do fluxo de valor contínuo;
  4. Adoção de um sistema de produção puxada;
  5. Busca pela perfeição.

Esta mentalidade defende que as atividades devem promover o máximo de valor ao nosso cliente e o desperdício é algo que deve ser eliminado.

Assim como o manifesto ágil propõe valores e princípios para o desenvolvimento rápido de software, aqui também temos princípios voltados ao desenvolvimento de software. Ele é chamado de Lean Software Development e foi desenvolvido para que o desenvolvimento de software também seja realizado sem desperdícios e que seja entregue apenas o necessário para o cliente.

Aqui estão os sete princípios do Lean Software Development:

  1. Eliminar desperdício;
  2. Integrar qualidade;
  3. Criar conhecimento;
  4. Adiar comprometimentos;
  5. Entregas rápidas;
  6. Respeitar as pessoas;
  7. Otimizar o todo.

Agora que você já conhece a tríade de Mindset, confira o artigo de Como Criar Times Ágeis, no Blog do Goobee Teams!

Texto original

________________

Referências:

Feira Growth Mindset 2019
Manifesto Ágil

Imagem 1- Doze princípios do Agile Mindset
Imagem 2- Esquematização visual de mentalidade 

Comments are closed.